CV - ACADEMIC WEBSITE

Category: Brazilian politics

(Ou: porque as mobilizações agendadas dessa semana são uma farsa) Data: 15 de março – os 3 C’s: conservadores, dos coxinhas, e dos confusos Não é a primeira vez que marcam um ato com bastante antecedência com a visão de que este finalmente será o protesto que marcará e mudará a história do país. Isso aconteceu […]

Brazilian politics • Português • Uncategorized Comments Off on A construção da luta socialista deve sempre ir além dos argumentos sobre a corrupção

Category: Brazilian politics

Slutwalk Ottawa 2014 – autoria: Sabrina Fernandes   Esse é um tema que sempre me parece óbvio, mas não é. Mulheres que já passaram por algum tipo de violência física ou psicológica, especialmente do cunho sexual, sabem do que estou falando. Se a regra do jogo é a opressão de gênero, por que ainda prevalecem […]

Brazilian politics • Feminism • Português • Uncategorized Comments Off on Culpabilização da vítima, a arrogância da esquerda, e outras maneiras como você contribui com a cultura do estupro

Category: Brazilian politics

31 Oct 2014

Pequenos esclarecimentos sobre a Política Nacional de Participação Social sem mentiras e sem ilusões Por Sabrina Fernandes Participação e representatividade: o que entendemos formalmente por democracia no Brasil? O entendimento do que é democrático ou não varia de acordo com paradigmas teóricos e políticos, assim como a respeito de que tipo de democracia está sendo […]

Brazilian politics • Português • Uncategorized Comments Off on Quem tem medo da participação social?

Category: Brazilian politics

The last polls before the second round of Brazilian elections indicated a victory for Dilma Rousseff of the Workers’ Party (PT), with Aécio Neves, from the centre-right PSDB, trailing closely behind. This was within the reported margin of error and Sunday’s results could not be confidently predicted until the official announcement of Rousseff’s re-election. This […]

Brazilian politics • English • Uncategorized Comments Off on Brazil’s Rousseff Re-elected Despite Anti-Workers’ Party Sentiment: What Now?